Entrar    Registrar

Isso é verdade?

Fórum sobre FREEBSD: Desenvolvimento, uso e aplicações

Moderadores: guest2003, 51, Renie, gpenga

  • Autor
    Mensagem

Isso é verdade?

Mensagempor chrdcv » 14 Dez 2014 22:48

Pergunto aos grandes picas do UNIX aqui do fórum se o que encontrei no blog abaixo, faz algum sentido:
https://aboutthebsds.wordpress.com/2013 ... -vs-linux/
Seu Madruga: "O trabalho não é ruim, ruim é ter que trabalhar"
Avatar do usuário
chrdcv
Dword
 
Mensagens: 1521
Registrado em: 13 Out 2006 14:13

Re: Isso é verdade?

Mensagempor msamsoniuk » 15 Dez 2014 02:23

chrdcv escreveu:Pergunto aos grandes picas do UNIX aqui do fórum se o que encontrei no blog abaixo, faz algum sentido:
https://aboutthebsds.wordpress.com/2013 ... -vs-linux/


eu uso ambos faz muito tempo...

freedom: a licenca GPL tira totalmente a liberdade e flexibilidade, no momento em que te obriga a fornecer os fontes, te obriga a fornecer as modificacoes em codigo GPL e pode, eventualmente, te levar a um tribunal para vc provar q esta fornecendo informacoes suficientes para qualquer idiota recompilar e portar o sistema. a licenca BSD, em oposicao, te dah liberdade e flexibilidade total: nao te obriga a fornecer os fontes, muito menos as modificacoes no codigo BSD. e nunca ouvi falar de ninguem que foi obrigado a ir num tribunal ensinar como um lego vai recompilar ou portar o sistema. em relacao a protecao do desenvolvedor, o fato da licenca bsd nao exigir os fontes acaba protegendo muito mais. francamente, GPL me encheu o saco e nao quer mais saber dessa m**** na vida. qq coisa q eu for fazer no futuro, vai ser com licenca BSD, pura e simplesmente para evitar aporrinhacao! :v

code contribution: parte do lance acima... se vc pega algo BSD e modifica, vc nao eh obrigado a retornar as modificacoes. os developers do BSD em geral nao se importam muito com isso, o que lhes permite focar nas coisas importantes para eles, nao para os outros. por isso existem poucas "distros" de bsd: netbsd, openbsd e freebsd. basicamente isso. o OS X eh um bsd tb, mas tem muita coisa proprietaria dentro e, como diz a licenca, eles nao precisam retornar as modificacoes. tem q olhar sob os pontos de vista: os caras dos BSDs estao felizes com o pouco q os parceiros comerciais retornam. nao precisam de muito mais para viver. e os parceiros comerciais estao felizes por terem suas exclusividades. olha para o lado do linux, nenhuma distro tem a mesma qualidade que o OS X ou a estabilidade do openbsd.

reliability: balela. eu tenho servidores bsd rodando com 750 dias de uptime. saiu o bug do shellshock e adivinha? nao foram afetados pq nao usam bash! fueh! :v

robustness: totalmente irreal. como eu comentei, os servidores nao crasham.

speed: novamente, muita balela... o OS X mudou completamente de gcc para clang e nao vi diferenca de performance. mas um fator eh bem importante e eh esse o calo da galera GPL: o clang rejeita forte codigo GPL por erros de sintaxe. fui compilar o proprio gcc e bingo: nao compila. cheio de erros apontados pelo clang... inicialmente xinguei o compilador, daih fui olhar e sim, cheio de grosseiros no codigo. na real? voces todos estao sendo enganados faz decadas pela galera da GPL... os caras nao escrevem codigo, eles vomitam! os diagnosticos de codigodo clang sao bem melhores que os do gcc. mas nao eh um compilador tao flexivel.

security: nem vou falar nada. quem matou os erros cavalarmente grosseiros de seguranca da galera GPL eh sempre a galera do BSD, em especial do openbsd.

portability: bonus forte do linux: roda em processadores sem MMU. isso vem relacao com arranjos especiais no kernel e no proprio gcc. a galera do BSD nao foca muito em embarcados, entao realmente o linux eh melhor nesse sentido. e o gcc vai ajudar mais ainda sem comparacao com o clang. mas nao quer dizer q seja a melhor opcao realmente... na boa, um bom RTOS pode ser uma solucao melhor.

fragmentation: deve ser piada neh. jah nem sei qualeh a distro linux da moda por aih... no caso do bsd, temos apenas as de sempre.
Avatar do usuário
msamsoniuk
Dword
 
Mensagens: 2882
Registrado em: 13 Out 2006 18:04

Re: Isso é verdade?

Mensagempor norad58 » 15 Dez 2014 06:57

Outro sistema operacional que era meio fechado e teve que abrir as portas para evoluir um pouco foi o Minix. Agora eles, para tirar o atraso de desenvolvimento do sistema, estão usando partes BSD no sistema.

http://www.minix3.org/

É um sistema operacional bem simples, que antigamente usavam somente para estudo do Unix, atualmente estão melhorando e alguns estão portando este sistema para embarcados ARM, pois ainda o codigo não é volumoso.

Conheço fabricante de hardware que na epoca tentou portar aplicativos Borland Delphi para ambiente Linux com Kilix, simplesmente quebrou a cara, tudo no sistema GPL tem que ser publicado e varios fabricantes de software não aderiram esta onda GPL. Nem a Borland quis continuar com o Kilix. Só louco pra vender algo via GPL. :shock:

Outro problema do Linux, que este é apenas o Kernel do sistema operacional, não inclui varios aplicativos auxiliares que são feito por terceiros. No caso do BSD o pacote inclui Kernel e aplicativos auxiliares feitos e controlados por um mesmo distribuidor. Ai fica claro a estabilidade e confiabilidade de um BSD frente ao Linux.
O Linux possui kernel monolitico que se tornou bem volumoso, conhecido por consumir bastante memoria(ex. Android), no caso do BSD, dependendo da distribuição pode ser utilizado Kernel modular que consome menos espaço de memoria.
Uma versao interessante e mais facil de usar é o PC-BSD que é baseado no freeBsd:
http://www.pcbsd.org/
norad58
Word
 
Mensagens: 693
Registrado em: 08 Abr 2013 15:56

Re: Isso é verdade?

Mensagempor xultz » 15 Dez 2014 10:34

Essa questão da GPL x BDS é uma discussão filosófica que tem tantas chances de chegar a um consenso quanto discussões do Windows x Linux, Loiras x Morenas, Kaiser x Skol, Willys x Bandeirante, Mouse x Trackpad, e assim por diante.
Particularmente, acho algumas situações um pouco incômodas, como a adoção de um kernel BSD pelo OSX, que foi quase a salvação do Mac OS (visto que os Mac OS estavam cada vez piores, e o custo de manutenção do SO era enorme prá Apple). Porém, a comunidade BSD teve retorno ínfimo da Apple. É difícil dizer que a comunidade BSD fica feliz com essa situação, ou se eles simplesmente aceitam a situação e fim de papo. É difícil explicar o que motiva uma pessoa a desenvolver um software livre, cada um terá a sua. Conheço pessoas que têm a mesma opinião do Marcelo, licenciam seus códigos em BSD porque não têm saco de se envolver com a burocracia da GPL, outros conheço que licenciam sob GPL porque todo mundo usa GPL, mas na verdade está pouco preocupado com a licença. Uma vez vi uma entrevista com o Eric Raymond que ele defende que a GPL já deu o que tinha que dar, o Linux cresceu o suficiente, e deveria migrar para BSD para ficar mais permissivo e flexível. Por outro lado outros defendem que o Linux chegou onde chegou por causa da GPL, e deve continuar GPL por causa disso. Eu duvido que o Linus mude a licença, ele já esperneou um monte prá mudar de GPL2 prá GPL3, acredito que muita gente fique frustrada se ele mudar para uma licença mais permissiva.

Particularmente falando da minha própria e personalizada opinião vindo da minha própria pessoa, eu acho que a GPL faz sentido. A GPL é muito mais uma filosofia do que um contrato, e filosofias existem aos montes, nenhuma nunca foi unanimidade, sequer resolveu todos os problemas. Mas eu acho que foi uma sacada genial por parte do Stallman, e apesar de muita gente demonizá-lo e dizer que ele não passa de um velho escroto que só sabe falar, eu acho que ele tem um papel muito importante e no futuro muita gente vai estudar o impacto que as ideias dele tiveram no mundo, e vão concluir que ele trouxe ideias que fizeram diferença. Se não fosse o manifesto GNU, e o fato dele defender com tanto afinco e disposição por todos estes anos suas ideias sem nunca dar um passo fora de suas convicções, fizeram com que muito software livre fosse produzido, proporcionando ao mundo da informática muitos recursos que a simples concorrência entre empresas de software comercial, não teria ocorrido. Se não fosse o GNU, o BSD teria um crescimento ainda menor do que tem hoje, e ficaria bastante restrito a ambientes acadêmicos como provas de conceito, e o mercado de SO talvez ficasse ainda mais polarizado em torno de soluções Microsoft, principalmente no setor de servidores. Que visão terrível, né?
98% das vezes estou certo, e não estou nem aí pros outros 3%.
Avatar do usuário
xultz
Dword
 
Mensagens: 2905
Registrado em: 13 Out 2006 18:41
Localização: Curitiba

Voltar para FreeBSD

Quem está online

Usuários navegando neste fórum: Nenhum usuário registrado e 1 visitante